Sopa de Pedra

de Tatiana Belinky

A Sopa de Pedra estreou em 1998 no Teatro Sérgio Cardoso com grande sucesso. Foi considerado um dos melhores espetáculos do ano pela crítica especializada, tendo Gabriela Rabelo, Gésio Amadeu e Luiz Amorim no elenco, e o músico Renato Commi.
Recebeu 5 indicações em grandes prêmios de teatro para a infância e juventude de São Paulo.

Prêmio Mambembe: Diretor/ Ator/ Atriz/ Ator coadjuvante;

Prêmio Coca-Cola: Atriz.

Ganhador do Prêmio Mambembe de Melhor Espetáculo e Melhor Atriz com Gabriela Rabelo.

Indicado pela APETESP (Associação dos Produtores de Teatro de São Paulo): Melhor Espetáculo, Ator, Atriz, Ator Coadjuvante, Cenário e Figurino.

Dois companheiros de aventuras, artistas andarilhos, Benzedrino e Magnólio, cansados e famintos encontram uma casinha no meio da estrada. A dona é uma Velha Avarenta que vive a economizar e que não vai dar nada a eles. O jeito é usar de muita astúcia, apresentando seus dotes e talentos, para tentar convencê-la.
Uma divertida artimanha terá que ser utilizada para que eles consigam descansar um pouquinho e saciar a sua fome. Quem sabe uma suculenta Sopa, que só de imaginar já dá água na boca?

Texto

Tatiana Belinky

Direção

Antônio de Andrade

Músicas

Renato Comi / Gésio Amadeu

Cenários e Figurinos

Carlos Colabone

Iluminação

Roberto Cohen

Cenotécnico

Jorge Ferreira Silva

Fotos

Rosely Taruma

Técnico de Luz

Jairo Macedo

Luiz Amorim

Benzedrino

Nivio Diegues

Magnólio

Theodora Ribeiro

Velha Avarenta

Renato Primo Commi

Maestro / Violão

Erick Chica

Percussão